Defender, educar, formar e qualificar é a nossa missão!

 

Agora o SINTICOM-TAP conta com agendamento Online para as homologações. Acesse o link e faça seu agendamento agora mesmo.

Clique aqui para agendar.

IV Mega Encontro dos Trabalhadores alto sucesso

Uberlândia / MG (03/05/10) – A quarta edição do Mega Encontro do Trabalhador realizada na praça Sérgio Pacheco, no último sábado, 01 de maio, foi coroada de êxito e sucesso. A avaliação é de Reinaldo Rosa de Souza (Reinaldão), presidente do Sinticom-TAP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Uberlândia, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba) e Diretor Primeiro Secretário Nacional de Qualificação Profissional da Força Sindical, organizador e realizador do Mega Encontro do Trabalhador em Ubelândia, segunda maior cidade de Minas Gerais e também segunda maior cidade do interior brasileiro.

1º de Maio 2010 – foto público 1

O evento se estendeu até às 17 horas com várias ações sociais como emissão de carteira de trabalho de trabalho, vacinação, aferição de pressão arterial, orientação sobre DST (Doença Sexualmente Transmissível), vacinação contra H1N1, e gripe em idosos, entre outras.

Reinaldão enfatizou que “a cada edição do evento, o número de público tem superado as nossas expectativas. Tivemos cerca de 50 mil pessoas na praça Sergio Pacheco.”

A festa em Uberlândia teve apoio da Prefeitura Municipal de Uberlândia, Câmara Municipal de Uberlândia, Jornal Gazeta de Uberlândia, Rádio Transamérica, Arroz Vasconcelos, Belo Dente, Sinduscon-TAP e Fiemg Regional do Vale do Paranaíba, E.  W. Produções, Teve Vitoriosa, Metropolitan Sua Saúde seu Patrimônio e Pasi – Plano de Amparo Social Imediato. Bem como da Força Sindical, Sindicato dos Trabalhadores na Construção e Mobiliário de Uberlândia, Triângulo e Alto Paranaíba, Sindicato dos Traba-lhadores na Saúde de Uberlândia, Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Calçado, Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários e Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas.

    Reinaldão aproveitou ainda para salientar que “muito embora se acredite que não se tenha o que comemorar no dia 1º de maio, é importante frisar que ainda faltando muitas conquistas aos trabalhadores, outras tantas já foram conseguidas, e merecem ser comemoradas. E essas que ainda faltam só vamos consegui-las com trabalho”.

Ressaltou que “o nosso compromisso é com o social, valorizando a mão de obra, sobretudo no segmento da construção civil, a qual apresenta uma carência de qualificação a fim de atender a demanda. Essa qualificação ficaria mais fácil de ser realizada se o empresariado colaborasse mais com as entidades sindicais do setor, investindo, para que cursos sejam realizados. Isso também serve para vários outros segmentos da economia”. Entende ele que mesmo assim, não se conseguirá por um fim a falta da qualificação da mão de obra, mas “ao menos iremos minimizar essa situação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ajude a eliminar o SPAM *