Defender, educar, formar e qualificar é a nossa missão!

 

Agora o SINTICOM-TAP conta com agendamento Online para as homologações. Acesse o link e faça seu agendamento agora mesmo.

Clique aqui para agendar.

Sinticom-TAP defende 40 horas, em Brasília

lém da redução da jornada de trabalho, entidade também defende o fim do Fator Previdenciário

Alaor Barbosa Jr.

Ascom Sinticom-TAP(*)

Marcha 40 horas Brasilia 06-07-2011

O Sinticom-TAP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Uberlândia, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba) somou-se às centrais sindicais na participação, na última quarta-feira, 06, de uma manifestação em Brasília, para pedir a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e o fim do fator previdenciário, entre outras reivindicações.

Segundo cálculo da Polícia Militar do Distrito Federal, cerca de 2 mil pessoas participaram da manifestação, que fechou duas das seis vias do Eixo Monumental, uma das principais vias da capital federal. Não houve registros de incidentes durante a passeata.

O presidente do Sinticom-TAP, Reinaldo Rosa de Souza (Reinaldão) avaliou a manifestação como sendo positiva e somou voz com o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, sobre as mobilizações começarem agora. Tanto Paulinho quanto Reinaldão entendem também que, no fim do recesso parlamentar, em agosto, as centrais irão voltar a Brasília e organizar uma grande manifestação em São Paulo. As centrais organizam-se para garantir o aumento de 14% no salário mínimo em 2012, previsto em lei.

Reinaldão diz ainda que é preciso que a classe trabalhadora se una na defesa de seus interesses, “uma vez que os poderosos são unidos e não se preocupam com as consequências na sofrida vida do trabalhador”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ajude a eliminar o SPAM *